Mendoza

Olá pessoal, estamos de volta após uma pequena pausa nos posts. Não importa, pouca gente costuma olhar o blog mesmo e além de tudo andamos ocupados olhando as fotos e vídeos da tragédia no Japão que sempre nos faz pensar o quanto essa vida e a natureza pode ser cruel nos mais diversos lugares e momentos e também nos mostra que é de extrema importância aproveitá-la antes que venha o apocalipse. Sério! Ele veio pra muita gente no Japão. Olhando pelo Google Maps sempre tive vontade de ir pra lá. Podem ver, são tantas praias num litoral tão recortado, montanhas, ilhas…uma natureza divina mas que de uma hora pra outra kaputz! Ferrou tudo. Tenho medo de tsunamis, aliás é um sonho recorrente meu. Será que um dia…deixa pra lá.

Voltando ao nosso assunto Argentina, em Mendoza por exemplo, notamos avisos nos corredores de alguns prédios sobre como proceder em caso de terremoto. Pelo visto, o lugar já deve ter sofrido abalos sísmicos devido a proximidade da cordilheira e das falhas das placas tectônicas. Bom, esse blog não é para comentar tragédias e sim comentar e mostrar coisas boas, no caso as nossas férias onde as cenas pairam nas nossas cabeças até hoje de tão legal que foi.

Não havíamos postado nenhuma foto de Mendoza ainda, eu nem tirei fotos lá na verdade, a gente saía com a câmera da Ju que é compacta para registrar alguns poucos momentos porque o nosso foco não é fotografar cidades, elas são sempre meio parecidas e só estávamos lá para resolver os assuntos do trekking do Aconcágua e comprar algumas coisinhas para nossas atividades ao ar livre. O momento acima foi logo na chegada quando entramos num restaurante para comer uma pizza e tomar uma gelada bem delícia, além de uma blogadinha.

Mas olhando bem, depois que nos hospedamos e deixamos o carro de lado, a cidade é bem bacaninha. O sol bomba quase todo dia e a região é bem seca, quase um deserto, um oásis no deserto porque aqui as árvores dão uma bela sombra por todas as ruas e é o que da todo um charme na cidade.

Ruas muito sossegadas na hora do calor, das 12 às 17:30 pouca gente trabalha. É a hora clássica da sesta como em quase toda cidade de colonização espanhola.

Dessa vez não dormimos na barraca. Depois de bater perna encontramos o Hotel Cassino. Era bem localizado, na frente de uma praça. Não era o mais barato porém muitas vezes é melhor pagar um pouco mais e ficar num ambiente melhor do que economizar uma merreca e ficar num lugar atrolhado e meia boca como muitos que a gente viu. O carro eu deixei guardado num estacionamento pago ali do lado quase, e foi muito barato, devo ter pago uns 15 reais para deixar lá por 3 dias, aqui no Brasil pagaria os 15 por turno eu aposto. A diária do hotel era meio como aqui. Algo em torno de 60, 70 reais mas o café da manhã dos argentinos não é o bicho como aqui. Só café com umas media lunas e uns biscoitos sem manteiga.

Ah! sim, as ruas são bem limpas. Essa varredora da prefeitura usou essa folha de coqueiro para varrer. Achei engraçado, não sabia se aquilo era pra ser mesmo a vassoura deles ou ela tinha encontrado e aproveitado para varrer com ela.

Também curti os carrinhos velhos argentinos e as motinhos. Só la mesmo. Cada belezinha. Essa lambreta aí então eu seria capaz de trocar pela minha moto taco a taco mesmo que não passe dos 60.

Sei que caminhamos muito pelas ruas lá. Correria atrás das coisas porque o horário comercial lá é meio esquisito mesmo. O carro guardado. Odeio ficar no trânsito de cidades que não conheço, e até das que bem conheço. hehe.

Pausa para um lanchinho entre uma caminhada e outra.

E na finaleira do dia cansados na bela praça em frente ao hotel. Chafarizes lá tem por quase todas as praças e são ligados e iluminados a noite. É muito tranquilo e seguro passear pelas praças inclusive a noite. Uma beleza.

Anúncios

Sobre Expedição Guanacos

Viagens de carro e bicicleta pela Argentina e Chile Ver todos os artigos de Expedição Guanacos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: