Contratempos

Não existe aventura sem contratempos. A essa hora deveríamos estar cruzando a fronteira Chile – Argentina pelo passo Sán Sebastian na Terra do Fogo. Só que não. Ainda estamos em Punta Arenas. Na terça cruzamos o Estreito de Magalhães em 2:30 de travessia com as bikes e de Porvenir começamos nossa tão esperada pedalada. O dia estava lindo e o vento nos empurrava a maior parte do tempo. As bikes muito pesadas mas o pedal estava fluindo mesmo assim. Lá pelas tantas lembrei que tinha esquecido o passaporte no porta luvas do carro no estacionamento do porto de Punta Arenas e isso me deixou tenso, resolvi seguir adiante afinal voltar novamente seria muito trabalhoso e demorado. Tentaria passar a fronteira sem o passaporte já que deviam ter meus últimos registros no sistema. Seguimos o pedal, cansamos muito nas subidas, cãimbras nas coxas. Coisas de primeiro dia de pedalada. Numa grande reta com o vento bombando na costas e só no embalo, parei um instante para regular o sensor do velocímetro que entortava e não marcava e quando olho para trás vejo a Ju caminhando com a bike. Pensei. Deu merda. E deu mesmo. Menos mau se fosse um pneu furado que podia ser consertado mas o que ferrou foi o aro das rodas novinhas que a Ju mandou fazer. Merda feita e aquela cena no meio da ventania e do frio no nosso primeiro dia de pedalada. Havíamos completado 47 km e não havia como arrumar a bike.

A solução? Resumindo foi a seguinte: As bikes ficaram guardadas numa estancia nas proximidades; pegamos carona até o porto de Porvenir onde passamos a noite acampados; pegamos a balsa no dia seguinte no único horário que tinha, as 14hs; chegamos devolta em Punta Arenas as 17hs e fomos atrás do conserto. Feito isso já caiu a noite e cansados tivemos que encontrar um outro hostel para amanhã novamente as 9hs pegarmos a balsa para Porvenir onde vamos pedir carona até a estancia onde deixamos as bikes para seguir em frente. No fim amanhã, não vamos esquecer o passaporte que no final nem era o meu. O que ficou no carro era o da Ju que se enganou e levou o meu. Quanta treta. E a friaca pegando. Até mais pessoal e esperamos que agora a gente vá mesmo sem contratempos a Ushuaia. 

Anúncios

Sobre Expedição Guanacos

Viagens de carro e bicicleta pela Argentina e Chile Ver todos os artigos de Expedição Guanacos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: